{FESTAS INFANTIS modernas com aquele gostinho de antigamente}

Aqui você encontra um pouco mais sobre o nosso trabalho com decoração de festas infantis, novidades, dicas, sugestões de tema, receitas divertidas, imagens inspiradoras e muito mais para garantir que você esteja sempre bem informada.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Tudo sobre cupcakes

Esses pequenos e encantadores bolinhos caíram de vez no gosto popular e invadiram todos os tipos de festas. A demanda e a oferta por estas pequenas delícias cresceram de maneira impressionante. Mas eles não são apenas objetos de decoração. Cupcake que se preze tem que ser muito gostoso! Não tenha pena de comer. Ataque sem dó, pois quando bem feito, é delicioso, leve e surpreendente.




O objetivo deste post é fazer com que você entenda um pouco mais sobre o assunto. Não que você vá se tornar um expert no assunto, mas é sempre bom aprender. Na nossa seção "Faça você mesmo" devo postar logo, logo uma receita de cupcake. Depois destas informações, tudo vai ficar mais fácil!

HISTÓRIA DO CUPCAKE
Eles foram criados no século 19 pelos americanos e acabaram se tornando populares não apenas nos Estados Unidas, mas também no Canadá e na Inglaterra. Na terra da rainha eles também são chamados de fairy cakes (bolos de fada). O nome 'cupcake' (bolo de xícara) é pelo fato das forminhas originais dos bolinhos terem o tamanho de uma xícara de chá.

TAMANHOS DE CUPCAKE


O tamanho mais comumente encontrado é o médio (M). Mas o tamanho pequeno (P), muito conhecido também como mini cupcake, está tomando conta das mesas de doce de festa pela facilidade com que pode ser consumido, bastando uma ou duas mordidas. O tamanho grande (G) é pedido normalmente para fazer a função de um bolo de aniversário em miniatura.

MASSAS DE CUPCAKE
Constituem o bolo do cupcake, ou seja, a parte que vai ao forno junto da forminha. Pode ser uma massa simples ou uma massa com recheio.

MODELOS DE CUPCAKE


Aqui o assunto começa a complicar um pouquinho, mas nada que não possamos desvendar. Todo cupcake recebe algum tipo de customização em sua cobertura. Essa personalização pode ser feita através do uso de diferentes tipos de cobertura e do uso de diferentes confeitos. 

TIPOS DE COBERTURA DO CUPCAKE
Pasta americana: mais usada para cobrir e finalizar bolos decorativos, é feita à base de açúcar impalpável, gelatina, gordura e amido. Seca e com pouco sabor, seu uso nos cupcakes deve ser apenas para decoração.
Ganache: é resultado da mistura de chocolate derretido e creme de leite. Partindo da mesma proporção dos dois ingredientes, pode-se alterar a textura adicionando mais chocolate e fazendo-a ficar cada vez mais firme. 
Glacê real: mistura de clara, açúcar e limão, é o preparo ideal para quando se quer uma cobertura durinha. O glacê real, quando seco, endurece, tornando-se uma excelente escolha para cupcakes que serão embalados. É também muito utilizado na confecção de flores de açúcar e em outras decorações. Para isso é necessário conhecer as técnicas de uso de bicos de confeitar.
Creme de manteiga ou buttercream: preparação clássica usada como cobertura e recheio em bolos e sobremesas, resulta da mistura de clara ou gema de ovo com açúcar e manteiga. A base para o preparo é sempre um merengue italiano ou um "merengue de gema" feito da mesma forma que o de clara.
Creme de queijo: muito comum nos Estados Unidos, é um creme à base de gema, açúcar e queijo cremoso. Uma combinação deliciosa e leve em que a acidez do queijo é quebrada pelo açúcar. Pode ser colorido ou aromatizado e fica mais sutil se empregado em pequenas quantidades.
Merengue:
  • italiano ou marshmallow: é o merengue mais utilizado comercialmente, já que o calor pasteuriza as claras, o que torna o consumo mais seguro e o produto mais durável. É mais denso devido ao cozimento das claras e tecnicamente mais difícil de preparar. Deve-se fazer uma calda de açúcar e água a 115 graus Celsius e, aos poucos, juntá-la às claras em neve, sem parara de bater, até esfriar.
  • francês: é o merengue cru, o mais instável de todos e muito usado no preparo de suspiros ou em receitas que passarão por cozimento.
  • suíço: é cozido em banho-maria ou em fogo baixo até que o açúcar se dissolva. Esse é o merengue mais brilhante e fácil de fazer. Uma vez que o açúcar tenha sido dissolvido na clara pela ação do calor, a mistura deve ser batida até esfriar e formar uma espuma brilhante e firme.
CONFEITOS
Além de serem muito divertidos os confeitos garantem um colorido todo incrível ao cupcake. Existem  em diversas formas, tamanhos e cores. Normalmente são feitos de chocolate ou apenas de açúcar.


WRAPPERS
É uma espécie de saia que vai por cima da forminha quando cupcake está pronto. A forminha de cupcake ficam um pouco feinha depois de ir ao forno, principalmente se a cor dela for clara. Os wrappers surgiram para vestir os cupcakes, dando um melhor acabamento e deixando-os ainda mais enfeitados. Existe uma infinidade de modelos de wrappers, dos mais tradicionais aos mais rebuscados.


TOPPERS
Pode-se considerar todos os tipos de enfeites que figuram no topo destes deliciosos bolinhos. Podem ser de papel, em forma de etiquetas que ficam presas a um palito, ou de pasta americana, quando dispostos sobre a cobertura. Para que servem? Para enfeitar ainda mais a sua festa. 


Em sites americanos encontrei uma figura que explica os cupcakes sob o título "anatomia dos cupcakes". Uma forma simplificada e divertida de resumir (quase) tudo que escrevi até aqui.


Créditos: Figuras de cupcakes by Das Gurias Cupcakes | Fotos: Pinterest 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...